03/1/2018 - 11h18

Infestação de muriçocas incomoda moradores de Poções

O início de 2018 está sendo marcado por uma infestação de muriçoca em Poções. Moradores de vários bairros entraram em…

Da Liberdade FM
Compartilhar

O início de 2018 está sendo marcado por uma infestação de muriçoca em Poções. Moradores de vários bairros entraram em contato com a Liberdade FM, reclamando que suas casas estão sendo invadidas pelos insetos. O resultado são as manchas vermelhas na pele, ardores, e as noites mal dormidas. Algumas pessoas são alérgicas e sofrem de maneira mais intensa, com o empolamento da pele e algumas feridas, decorrentes das picadas.

As muriçocas, também conhecidas como pernilongos ou pelo seu nome científico, Cuilicdae, são insetos atraídos pela água parada e pelo calor, que podem causar muitas preocupações aos donos de habitações.

Uma muriçoca tem um ciclo de vida que dura cerca de 8 dias nos machos e até 1 mês nas fêmeas, também conhecidas por melgas.

Para além do sexo do pernilongo, existem outros fatores que influenciam a sua longevidade, como a temperatura, umidade e até o ciclo do ano.O ciclo de vida de um pernilongo

Ovo

Nesta fase as fêmeas dos mosquitos vão procurar o local ideal para colocar os ovos, como é o caso de águas paradas, durante a noite. Estes ovos ficam a flutuar na água durante cerca de 48 horas, altura em que se irão transformar em larvas.

Larval

Os ovos deixados pela mãe transformam-se então em larvas, que vivem na água, próximas da superfície para poderem respirar. Grande parte das larvas utilizam o sifão, um tubo ligada à superfície que as permite respirar estando debaixo da água.

A limpeza de jardins, ruas, canais, e cuidado com o lixo produzido na cidade são fundamentais para evitar a proliferação do mosquito. Como Poções é cortada por um canal, a manutenção é importante para diminuir a reprodução.

Compartilhar

4 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *