20/2/2017 - 10h06

Pacientes e funcionários protestam contra mudanças no Hospital Afrânio Peixoto

No início da manhã desta segunda-feira (20), pacientes e seus familiares, além dos funcionários do Hospital Especializado Afrânio Peixoto (HEAP)…

Da Liberdade FM
Compartilhar

hos

No início da manhã desta segunda-feira (20), pacientes e seus familiares, além dos funcionários do Hospital Especializado Afrânio Peixoto (HEAP) se reuniram em frente à unidade para realizarem uma manifestação contra a mudança de perfil do Hospital, anunciado pelo Governo do Estado, na última semana, por meio da Secretaria de Saúde.

O protesto, que teve início na Avenida Maranhão, segue pela Avenida Boa Vontade, ambas no bairro Ibirapuera, até a Avenida Brumado, no bairro Brasil. A ação tem como objetivo chamar a atenção da sociedade para a desativação do hospital psiquiátrico e é uma reação direta contra a decisão da Sesab, que afirmou que serão abertos leitos de psiquiatria no Hospital Geral de Vitória da Conquista, aliado a uma estruturação do serviço ambulatorial na Unidade de Saúde Crescêncio Silveira.

Com cartazes e faixas em mãos, os manifestantes destacaram que a desativação do Hospital Afrânio Peixoto deixará pacientes e familiares sem assistência adequada. “Governador, o que será de nós sem o HEAP”, dizia um dos cartazes. Em outro questionava: “Governador, 5.000 pacientes serão transformados em 6?”, fazendo referência à diferença entre o número de pacientes que são atendidos atualmente pela a unidade e o número de leitos que serão disponibilizados no Hospital Geral. (Resenha Geral).

pital

Compartilhar

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *