09/10/2015 - 11h42

Conquista: Hospital São Vicente fechará maternidade para o SUS

Segundo o provedor, os repasses que vêm sendo feitos pelo SUS ao Hospital inviabiliza a continuidade do atendimento.

Da Liberdade FM
Compartilhar

santa-casaA Santa Casa de Misericórdia, que administra o Hospital São Vicente, em Vitória da Conquista, pediu o descredenciamento da sua maternidade para os atendimentos pelo Sistema único de Saúde (SUS). A informação foi confirmada pelo administrador e provedor da Santa Casa,  Abmael Brito (foto), à repórter do Resenha Geral, Mônica Cajaíba.

ProvedorSegundo o provedor, os repasses que vêm sendo feitos pelo SUS ao Hospital inviabiliza a continuidade do atendimento público na maternidade. O déficit causado pelo SUS gira em torno de R$ 260 mil por mês, o que representa uma perda de mais de R$ 3 milhões por ano à unidade de saúde. Ele ainda aponta que o número de partos, que superava a casa dos 100 por mês caiu para 70.

O gestor da Santa Casa também apontou que a tabela SUS está há 16 anos defasada, o que tem provocado a baixa remuneração dos profissionais. De acordo com um levantamento rápido feito pela repórter da Resenha Geral, a carga horária dos médicos obstetras foi reduzida. Há exemplo de médico que atendia diariamente na maternidade e passou a trabalhar apenas uma vez por semana. Cirurgiões obstetras também afirmaram à repórter Mônica Cajaíba que a remuneração por procedimento, no São Vicente, é inferior a que é praticada no Hospital Esaú Matos.

A informação da suspensão do serviço através do SUS também repassada aos funcionários do Hospital São Vicente, através de um comunicado interno. Segundo o comunicado, a suspensão passa a valer a partir do dia 21 de outubro. “Estamos aguardando um posicionamento da Secretaria de Saúde do Município para a solução do impasse”, declarou o provedor.

Matéria: Resenha Geral

Compartilhar

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *